CuriosidadesFilmes e Séries

Spotlight

Sinopse

Baseado em uma história real, o drama mostra um grupo de jornalistas em Boston que reúne milhares de documentos capazes de provar diversos casos de abuso de crianças, causados por padres católicos. Durante anos, líderes religiosos ocultaram o caso transferindo os padres de região, ao invés de puni-los pelo caso.

Curiosidades

  • A investigação jornalística retratada em Spotlight, sobre os casos de pedofilia na Igreja, realmente aconteceu no começo dos anos 2000, levando o grupo de jornalistas do Boston Globe a vencer o Prêmio Pulitzer.
  • Quando Michael Keaton aceitou o papel de Walter Robinson, ele rastreou toda a vida de Robinson antes de conhecê-lo e ir viver perto de sua casa sem o jornalista saber. Keaton também encontrou vídeos e áudios de Walter. Quando Michael o conheceu, ele fez uma imitação de Robinson assustando o próprio, que disse: “como você sabe tudo sobre mim, nós nos conhecemos?”
  • O roteiro de Spotlight – Segredos Revelados constava na Blacklist (lista dos melhores scripts ainda não produzidos) de 2013.
  • Walter Robinson relatou sobre Michael Keaton: “É como assistir a si mesmo em um espelho, mas não tendo controle da imagem refletida.”
  • O verdadeiro Michael Rezendes disse: “assistir Mark Ruffalo reencenar cinco meses da minha vida, era como olhar para um espelho de um parque de diversão.”
  • Os créditos e títulos de cartões são definidos em Miller, o tipo de letra que o Globe utiliza para a maioria dos títulos e corpo da matéria.
  • De acordo com Mark Ruffalo, a maioria dos [reais] repórteres do Boston Globe que descobriram o escândalo, eram católicos romanos.
  • O único anseio de Michael Keaton ao aceitar o papel, era o sotaque de Boston. Depois de assistir a vídeos de Walter Robinson, Keaton ficou surpreso que Robinson não carregava muito o sotaque.
  • Durante os intervalos, Mark Ruffalo pedia ao verdadeiro Michael Rezendes que dissesse suas falas para ele.
  • “Assistir a performance de Michael Keaton no filme, me fez querer pedir desculpas para muitos entrevistados”, declarou Walter Robinson.
  • Richard Jenkins fez a voz do ex-padre e psiquiatra Richard Sipe. Nem o ator ou personagem são creditados no filme.
  • O verdadeiro Walter Robinson disse: “Meu persona foi sequestrado. Se Michael Keaton roubar um banco, a polícia rapidamente me prenderia.”
  • Tom McCarthy citou vários filmes como influência para este projeto: Frost/Nixon (2008), Nos Bastidores da Notícia (1987), Rede de Intrigas (1976), Todos os Homens do Presidente (1976), Os Gritos do Silêncio (1984), O Informante (1999), Cidadão Kane (1941), A Montanha dos 7 Abutres (1951), JFK – A Pergunta que Não Quer Calar (1991), O Veredicto (1982) e Boa Noite e Boa Sorte (2005), no qual McCarthy faz uma pequena participação.
  • Durante uma entrevista, o diretor Tom McCarthy disse que eles construíram um grande set para representar os escritórios do Boston Globe, onde grande parte da história se desenrola. Quando os repórteres retratados no filme visitaram a locação pela primeira vez, eles contornaram suas mesas da redação do “Spotlight”, e alguns começaram a re-organizar os itens para a mesma posição que encontravam-se na época.
  • O Boston Globe foi bastante prestativo para com a produção do set, e a aprovação do figurino, design de produção, atores e roteiro.
  • Na mesa de Walter Robinson (Michael Keaton) há uma foto da filha do verdadeiro Robinson, Jessica, tirada no ano 2000. Além de, outra fotografia de Keaton com o braço ao redor da atriz Elena Wohl, que interpreta Barbara, sua esposa.
  • Mark Ruffalo chegou a perguntar a Michael Rezendes, se ele poderia gritar com alguém.
  • Quando Walter Robinson visitou o set, ele ficou impressionado ao ver Michael Keaton sentado na mesa idêntica a sua, datilografando com dois dedos, assim como ele, os lábios franzidos, olhando para a tela do computador vintage 2001 do Globe através de óculos de leitura.
  • O repórter investigativo Ben Bradlee Jr. é filho de Benjamin C. Bradlee, que, como editor-executivo do The Washington Post, supervisionou a investigação do jornal sobre o escândalo de Watergate na década de 1970. Ele foi interpretado por Jason Robards em Todos Os Homens do Presidente (1976).

Bilheteria Brasil

Semana Ingressos Total
8 ao 10 janeiro 2016 46.209 46.209
15 ao 17 janeiro 2016 38.857 110.470
22 ao 24 janeiro 2016 30.599 161.587
29 ao 31 janeiro 2016 15.061 190.452
5 ao 7 fevereiro 2016 10.424 220.340
12 ao 14 fevereiro 2016 7.157 227.844
19 ao 21 fevereiro 2016 4.318 234.770
26 ao 28 fevereiro 2016 4.776 241.537
4 ao 6 março 2016 56.293 302.412

Bilheteria EUA

Semana Receitas Total
20 ao 22 novembro 2015 $3,528,384 $5,804,495
27 ao 29 novembro 2015 $4,495,290 $12,347,179
4 ao 6 dezembro 2015 $2,800,008 $16,505,705
11 ao 13 dezembro 2015 $2,508,853 $20,302,802
25 ao 27 dezembro 2015 $1,075,603 $24,890,686
1 ao 3 janeiro 2016 $1,185,093 $27,108,972
22 ao 24 janeiro 2016 $1,273,626 $32,902,971

Trailer

Etiquetas

Bruno

24 anos, nascido em São Paulo Adora assistir seriados, preguiçoso por natureza e adora estar comendo algo diferente.

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Verifique também

Fechar
Botão Voltar ao topo
Fechar