Senado abre votação para regulamentação do esports

Denny Novaes
Escrito por Denny Novaes

Além do projeto de lei  que está tramitando no Senado Federal  com relação a diminuição dos impostos nos jogos eletrônicos, outro projeto de lei é relacionado aos esports! Segundo o site oficial do Senado, começará a ser analisado um projeto de lei que propõe o reconhecimento, o fomento e a regulamentação dos esportes eletrônicos no Brasil. O PLS 383/2017, do senador Roberto Rocha (PSDB-MA), destaca a importância da atividade para a formação tecnológica e intelectual dos cidadãos.

Os e-sports são as atividades competitivas envolvendo jogos de videogame, computador e gadgets. Para Roberto Rocha, as disputas esportivas em ambientes virtuais oferecem, assim como os esportes tradicionais, meios de “socialização, diversão e aprendizagem”. O senador aponta que a prática pode contribuir para melhorar a capacidade intelectual e fortalecer o raciocínio e a habilidade motora dos participantes.

O projeto de Roberto Rocha garante a liberdade da prática dos e-sports, estabelecendo como objetivos da modalidade o estímulo à boa convivência, ao fair play, à construção de identidades, o combate aos discursos de ódio que podem ser passados “subliminarmente” pelos jogos e o desenvolvimento de habilidades nos praticantes.

Na avaliação do senador, a regulamentação por meio de lei oferecerá oportunidades para o crescimento da atividade e colocará os seus praticantes em igualdade com os atletas de outras modalidades. Além disso, explica ele, a regulamentação é necessária para que não haja “desvirtuamento” dos esports no seu caráter inclusivo e comunitário.

Além do Projeto de Lei, também será sugerido o “Dia do Esporte Eletrônico”, que será comemorado em 27 de junho, mesma data do aniversário de fundação da Atari, uma das primeiras empresas de games e que ajudou a popularizar o segmento.

O projeto será analisado pelas comissões de Ciência, Tecnologia, Inovação, Comunicação e Informática (CCT) e de Educação, Cultura e Esporte (CE) – esta última dará a palavra final. Caso seja aprovado sem emendas para votação em Plenário, seguirá para a Câmara dos Deputados.

Lembrando que a tramitação pode levar algum tempo, e será interessante ver como que será o burburinho nas redes sociais sobre isso. Hoje já temos a CBDEL, (Confederação Brasileira de Desporto Eletrônico), que está bem atuante, onde você pode acompanhar as notícias da confederação aqui, e também podemos destacar a ABCDE, (Associação Brasileira dos Clubes de Esports), que também atua em melhorias no cenário competitivo, onde eles começaram com o League of Legends. Desde a criação da ABCDE diversas organizações entraram para a Associação, e recentemente eles organizaram a Superliga de LoL, com 10 equipes e com a INTZ se tornando a campeã da primeira edição.

Sobre o autor

Denny Novaes

Denny Novaes

21 anos, programador e aficcionado por jogos e HQ desde de criança. Louco pelo lado negro da força e finalmente consegui achar minha Princesa Leia, que por sorte também ama as mesmas coisas que eu.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.