eSports

MIBR volta a ter lineup brasileira e sonha com títulos em 2019

Fonte: MIBR via Facebook

O ano de 2018 não foi muito positivo para as equipes brasileiras de CS:GO. No entanto, essa próxima temporada está prometendo algumas mudanças. A MIBR, principal time nacional, anunciou o retorno de TACO, ao mesmo tempo que também confirmou uma mudança de treinador. A ideia é que o time volte a ter uma lineup completamente brasileira, tirando da equipe os norte-americanos Stewie2K e Tarik.

Foram 14 torneios disputados na temporada passada pela MIBR, com apenas uma conquista, segundo dados do portal HLTV. O time que foi ressuscitado pelos antigos jogadores da SK Gaming, não conseguiu encontrar um equilíbrio durante toda a temporada. O resultado disso foi um ano ruim no cenário do eSports, com muitas mudanças de jogadores.

No entanto, em 2019, a situação deve mudar. A MIBR anunciou algumas importantes trocas no time para a temporada. Os jogadores Stewie2K e Tarik, além do treinador sérvio YNk foram retirados da lineup. Dois deles foram rapidamente substituídos, com a chegada de TACO e também do treinador Zews. A ideia da organização é contratar mais um brasileiro e fechar o time todo nacional.

Fonte: MIBR via Facebook

Uma das principais reclamações dos fãs, e também de alguns jogadores, segundo o canal SporTV, era o problema de comunicação. Com os norte-americanos no time, FalleN, Coldezera e Fer precisavam se comunicar em inglês, algo a que não estão acostumados. A ideia é que na próxima temporada isso não seja mais um problema. Por isso, alguns antigos jogadores da SK Gaming já foram considerados como possíveis reforços, é o caso de Felps e Fnx. Porém, nenhum deles foi confirmado.

Com as mudanças, a MIBR pode sonhar com algo mais na próxima temporada. O principal desafio será conter o excelente momento da Astralis, que conquistou quase tudo em 2018, inclusive o prêmio de US$ 1 milhão do Intel Grand Slam. A equipe dinamarquesa ainda é considerada favorita para os torneios de 2019, segundo o portal de apostas Betfair, mas as trocas feitas na MIBR podem fazer os brasileiros possíveis desafiantes.

Luminosity Games e INTZ eSports buscam espaço

O cenário de CS:GO também possui outras equipes nacionais com bons resultados no calendário mundial. Uma delas é a tradicional Luminosity, que já foi o principal time brasileiro no mundo. Atualmente, a equipe não vive bom momento e, com a chegada de Boltz, tem como objetivo voltar a elite dos campeonatos. É o mesmo alvo da equipe FURIA, que conta com o promissor jogador brasileiro Kscerato.

Fonte: Luminosity Gaming via Facebook

Enquanto isso, a novata INTZ quer mostrar que tem força no cenário internacional. A equipe passou por altos e baixos, porém continua investindo pesado para conseguir aparecer melhor no cenário mundial. O principal jogador do time é o Felps, que pode estar se transferindo para a MIBR, segundo rumores da ESPN Brasil. Porém, com ou sem o jogador, o time é uma possível surpresa para 2019.

O Brasil já foi a maior potência no CS:GO, porém viu o cenário ser dominado pelos europeus em 2018. As apostas dos torcedores, assim como dos jogadores, estão com a MIBR, que tem potencial para desbancar a Astralis, por exemplo. Com as mudanças feitas no começo do ano, é preciso esperar até o fim para sabermos como o time vai funcionar agora que tem apenas brasileiros na lineup.

Etiquetas

Batima

Eu sou o Batimaa

Artigos relacionados

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Botão Voltar ao topo
Fechar