Dicas para sobreviver em Far Cry Primal

Dicas para sobreviver em Far Cry Primal

Março 3, 2016 0 Por Batima

Ao começarem a vossa aventura pela Idade da Pedra em Far Cry Primal, não esperem grandes facilidades. Sozinhos, com poucas armas, e recursos limitados, as primeiras horas de Primal podem ser um grande desafio para os caçadores menos experientes. Serão presa fácil para os membros das tribos inimigas e para os muitos predadores que habitam Oros, mas com as nossas dicas podem acelerar o processo que vos permitirá transformarem-se num caçador temível, e começarem a conquistar território para os Wenja.

Cura gratuita:
Far Cry Primal utiliza um sistema de cura semelhante aos dos jogos anteriores, em que a barra de saúde é dividida em pequenas secções. Se uma secção não for totalmente consumida, vai regenerar-se automaticamente, mas se essa uma secção for consumida, terão de a recuperar utilizando outros meios. Os mais eficazes envolvem a utilização de ervas, que podem restaurar várias secções da barra da saúde, mas existe um método mais eficaz que não custa qualquer recurso.

Na árvore de talentos “Survival Skills”, desbloqueada logo de início, existe a opção “Primitive Heal”, que permite curar uma secção da barra sem gastar recurso. Ao pressionarem no direcional direito durante o jogo, vão aceder ao menu de opções de cura. Por defeito, o protagonista vai tentar gastar recursos para se curar, mas podem mudar isso, definido “Primitive Heal” como “Quick Heal”. Para melhorarem a eficácia deste método, desbloqueiem a habilidade “Primitive Heal II” no menu de “Survival Skills”.

Não limitem as vossa opções:
Com Far Cry Primal, é provável que cedam à tentação de recorrer em ao arco e flecha, e fazem bem. Trata-se de uma arma bastante viável, mas não se apeguem ao ponto de descurar as outras opções. Quando algum inimigo se aproximar, mudem para uma das armas de combate de curto alcance, de preferência a moca que têm de agarrar com duas mãos, desfaçam-no com fortes pancadas. Não se esqueçam que podem segurar o botão de ataque para desferirem um golpe mais potente.

Outra opção muito importante são as “bombas”. Cedo vão desbloquear a opção de atirar colmeias aos inimigos, que podem dizimar vários oponentes de uma só vez. Se tiverem tempo para apanhar o alvo de surpresa (incluindo animais), preparem uma ou duas armadilhas, que causam dano significativo, e mesmo que não as usem, podem sempre voltar a apanhá-las. O combate de Far Cry Primal tem muitas opções, e se quiserem ser mais criativos, podem sempre tentar atrair animais para juntos de inimigos, pegar fogo à base, ou até experimentar acertar com uma pedra na cabeça de um oponente.

Far Cry Primal – Jogabilidade furtiva

Prioridades:
O mundo de Oros fica aberto muito cedo, e podem tentar cumprir uma série de objetivos antes de prosseguirem com as missões, mas não o aconselhamos. Não percam tempo com distrações e tentem cumprir as primeiras missões que recebem, pelo menos até encontrarem Tensay e Wogah. O primeiro desbloqueia a coruja e a capacidade para o jogador domar feras. O segundo permite utilizar o gancho com corda e a criação de armadilhas. As outras personagens também têm os seus pontos de interesse, mas antes de tentarem muito conteúdo extra, concentrem-se em encontrar estas duas personagens.

Tenham cuidado com a noite:
As atividades noturnas em Far Cry Primal podem ser muito perigosas, já que a visibilidade é quase nula e os predadores adoram caçar a esta hora. Se quiserem jogar pelo seguro, procurem um dos campos com fogueira e descansem até de manhã, mas se tiverem que jogar durante a noite, certifiquem-se que carregam gordura animal, utilizada para pegar fogo às armas. Com uma moca em chamas conseguem ter uma visibilidade razoável, e se a aproximarem dos animais, vão assustá-los.

Embora seja uma altura perigosa, a noite também tem as suas vantagens, sobretudo se quiserem derrubar um acampamento inimigo sorrateiramente. Além de alguns guardas estarem a dormir, a visibilidade é muito reduzida, e podem mover-se com maior facilidade sem serem detetados. Certifiquem-se apenas que, enquanto estão a caçar um inimigo, não têm um tigre escondido atrás de vocês…

Utilizem os animais eficazmente:
Com a mecânica para domar animais, vão desbloquear várias opções táticas em Far Cry Primal. Existem vários tipos de feras que podem atrair para o vosso lado, mas os seus papéis variam de raça para raça, e devem estudar bem os seus usos para cada situação. O urso, por exemplo, é lento e de furtivo não tem nada, mas é resistente e consegue atrair a atenção dos inimigos, tornando-se num tanque bastante eficaz.

Já o jaguar é bastante furtivo, ideal para incursões a bases inimigas, e ainda consegue detetar e identificar a presença de oponentes nas redondezas. Outros animais conseguem recolher recursos sozinhos, e alguns apresentam um estilo de jogo mais equilibrado. Por defeito, contudo, quando estão apenas a explorar Oros, o urso ou o tigre dentes de sabre parecem-nos as opções mais acertadas, não só porque são poderosos, mas porque eventualmente podem montá-los.

Aproveitem os recursos da aldeia:
Sempre que um dia novo começa são premiados com novo recursos da aldeia no baú de recompensas. Cada campo tem um baú destes, e estão todos interligados. Quando um novo dia começar, tentem visitar um destes campos e retirem todos os recursos que ainda não estão cheios no vosso saco, e até podem ter a sorte de receber alguns recursos raros.

As vossas ações para ajudarem a aldeia vão melhorar as hipóteses de receberem recursos mais valiosos. Os objetivos secundários (assinalados a laranja forte no mapa), e o resgate de membros Wenja são algumas das melhores formas de aumentarem os recursos, mas o mais importante é não ignorar esta fonte diárias de plantas, pedras, carne e peles.

Agasalhem-se:
Na área nevada de Oros terão de lidar com uma nova preocupação – o frio intenso. Quando estão expostos a estas temperaturas negativas, não vão resistir muito tempo sem congelarem, mas existem formas de combater essa desvantagem. Se encontrarem Karoosh, este pode ensinar-vos a criar roupa de inverno, que aumenta o tempo que conseguem suportar o frio. Na segunda evolução desta roupa deixam de passar qualquer frio, mas vão precisar de recursos raros.

Mesmo que não tenham roupa, existem formas de combater o gelo que vai invadir as vossas veias. A mais óbvia é o fogo. Se acenderem uma moca, por exemplo, o frio vai estabilizar. Não é suficiente para restaurar a barra de calor, mas pelo menos não vão morrer. Se estiverem desesperados, peguem fogo a algo e esperem que a barra normalize. Outra alternativa são as cavernas, que também protegem do frio.

Far Cry Primal – Montar um Tigre dentes de sabre

Como neutralizar um campo inimigo
Os acampamentos dos Izila e Udan apresentam diferentes graus de dificuldade, e tomá-los de assalto pode ser particularmente complicado, mas se tentarem uma abordagem furtiva, existe alguns pormenores que devem ter em mente. O mais óbvio passa por sobrevoar o acampamento com a coruja e marcar todos os inimigos. Se conseguirem eliminar alguns oponentes de imediato, melhor ainda.

Depois devem ter consciência dos vários tipos de inimigos que existem, e os mais perigosos são os que apresentam o símbolo da trombeta. Estes oponentes podem chamar reforços se vos detetarem, por isso devem ser uma prioridade. Mesmo que os eliminem, existem outras trombetas estacionarias, por isso tenham cuidado. Por último, tentam aproveitar algumas oportunidades que o acampamento vos ofereça, como um bom local para queimar, ou um animal preso que possam libertar para lançar o caos.

Estas foram as nossas dicas para sobreviverem sem problemas às primeiras horas de Far Cry Primal. Se as cumprirem, rapidamente passarão para o topo da cadeia alimentar, e vão dominar por completo Oros. Se ainda não o fizeram, podem ler a nossa opinião final sobre Primal aqui.

 

Fonte: GameReactor PT